Saltar ligações

Valve investigada pela Comissão Europeia

Por Jorge Botas em

A Valve está a ser investigada pela Comissão Europeia pelas práticas de vendas online.

A Comissão Europeia está a investigar os acordos bilaterais entre a Valve – dona da plataforma Steam – e cinco empresas de video-jogos: Bandai Namco, Capcom, Focus Home, Koch Media e Zenimax.

A investigação está relacionada com o geo-blocking que previne consumidores de adquirirem video jogos online, por causa de sua localização ou país de residência.

Depois de comprar um jogo, é dada uma chave de acesso – activation key – para se poder jogar e para confirmar que o jogo não foi pirateado. A investigação centra-se em perceber se os acordos feitos com as empresas em questão exigem ou exigiram o uso de activation keys, com o propósito de geo-blocking. E, em particular, se a activation key concede acesso a um jogo comprado apenas a consumidores de um determinado Estado-Membro da União Europeia.

Tendo em conta o funcionamento do Mercado Único,  isto pode constituir uma violação das regras de concorrência da UE, impedindo os consumidores de comprar jogos mais baratos que possam estar disponíveis noutros Estados-Membros.