Saltar ligações

PUBG e Fortnite banidos na China

Por RTP Arena em

O governo chinês, através de uma investigação liderada pelo seu Comité de Revisão de Ética Online, decretou uma proíbição à distribuição dos jogos PLAYERUNKNOWN’S BATTLEGROUNDS e Fortnite por conterem “sangue e violência“. O mesmo castigo foi dado a sete outros títulos semelhantes: H1Z1, Aliance of Valiant Arms, Ring of Elysium, Paladins, Free Fire Battlegrounds, Knives out e Quantum Matrix.

lista de jogos analisados pelo Comité chinês contém 20 títulos de vários géneros. 9 dos jogos analisados foram banidos completamente do país, por “promoverem valores errados“. Esta citação refere-se ao conteúdo sexual e violento presente em alguns dos jogos, como o caso do PUBG, para a violência e sangue, e no Paladins, onde alguns dos personagens se apresentam sensualizados e “revelam demasiado“. Na verdade, a única inclusão estranha nesta lista é a do Fortnite. O jogo tem a sua medida de violência e mesmo não contendo qualquer elemento que reflicta sangue, levou o tratamento definitivo face à decisão do órgão governamental chinês.

Os restantes 11 jogos foram categorizados como a precisar de “acções correctivas“. Títulos como League of Legends, Overwatch, Diablo e World of Warcraft terão que encontrar uma maneira de solucionar as suas salas de chat “desarmoniosas”. Os dois primeiros títulos partilham ainda a acusação de mostrarem demasiada pele nos seus personagens femininos.

A maioria dos títulos apresentados na lista de 20 são o “ganha-pão” destas empresas e é muito provável que recorram da decisão do governo chinês pela via judicial. Caso a contestação da decisão siga em favor do governo chinês, estes jogos terão forçosamente que ser alterados se querem continuar a ser distribuídos na China.

O World of Warcraft já foi, no passado, adaptado para a cultura chinesa, removendo os elementos de sangue e ossos do jogo. Vários exemplos destas alterações no WoW podem ser vistas neste tópico do Reddit. O Counter-Strike: Global Offensive, apesar de ser um jogo evidentemente violento, tanto como o PUBG, foi recentemente lançado na China e este lançamento já foi preparado tendo em conta as linhas-guia do governo chinês e não enfrentou quaisquer problemas aquando desta revisão.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.