Saltar ligações

Fortnite com beta fechado em versão mobile

Por RTP Arena em

A Epic Games, produtora do Fortnite e do seu modo battle royal, anunciou para grande surpresa que o jogo vai chegar em breve a dispositivos móveis.

A popularidade dos jogos do estilo battle royal começou com o aparecimento do H1Z1. Mais tarde, com o surgimento de Player Unknown’s Battlegrounds esta popularidade aumentou consideravelmente e, agora, com o Fortnite o alcance deste estilo de jogos disparou para números impressionantes. Este último, de acordo com o Esports Observer ultrapassou as 21 milhões de horas totais de visualização na semana de 5 a 11 de Março na Twitch. Este valor representa mais do dobro das horas para PUBG e quase cinco vezes mais as de CS:GO, dentro do mesmo período.

Dentro dos números de Fortnite, o streamer Tyler “Ninja” Blevin é, de longe, o mais popular do momento representando um quarto das horas totais que Fortnite engloba na plataforma. Ninja havia batido o recorde do maior número de subscrições na Twitch ao atingir as 50.000 no dia 22 de Fevereiro. Três semanas depois, o antigo pro de Halo, já triplicou e ultrapassou esse número.

No que toca ao lançamento do título para mobile, a empresa americana revelou que o jogo vai estar disponível inicialmente, apenas para iOS, num estilo de beta fechado. Os jogadores que queiram contribuir com o seu feedback à medida que jogam podem candidatar-se a esta versão de teste aqui.

Apesar de estar limitado a dispositivos Apple existem, ainda, mais restrições. O jogo não estará disponível em todos os dispositivos da maçã devido à falta de condições de hardware e, sem requisitos mínimos específicos revelados, sabe-se apenas que será necessário um iPhone 6S/SE, iPad Mini 4, iPad Air, iPad 2017, iPad Pro ou qualquer versão mais recentes dos mesmos para que o jogo flua. Qualquer um destes dispositivos precisará do iOS 11 e, evidentemente, de uma ligação à Internet para que o jogo funcione.

Arjan Brussee, um dos responsáveis pela programação do jogo, revelou no Twitter que o jogo não terá gráficos personalizáveis mas que o jogo correrá a 30fps em qualquer tipo de hardware dos mencionados acima.

Ainda não se sabe quando será possível jogar Fortnite em dispositivos Andoid mas a produtora prevê que isso ocorra “nos próximos meses”. Ainda assim, os utilizadores destes sistemas operativos podem candidatar-se ao beta e serão notificados quando este estiver disponível.

Com a popularidade do jogo de vento em popa e os updates constantes, tanto para melhorar como para diversificar o jogo, é apenas uma questão do tempo até que o custom matchmaking seja libertado para toda a gente e comecem a surgir torneios e alguma forma de competitividade neste título. Equipas como os FaZe Clan, os TSM e até mesmo a For The Win Esports Club cá no nosso Portugal, já anunciaram as suas equipas de Fortnite e estão prontos para atacar a scene assim que esta surja.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.