Saltar ligações

Astralis conquistam Intel Grand Slam após vitória na ESL Pro League

Por RTP Arena em

A equipa dos Astralis acabou de conseguir meter a cereja no topo do bolo.

A equipa dinamarquesa bateu os Liquid na final da 8ª temporada da ESL Pro League por 3-1 numa série em BO5, até começaram bastante mal, com os norte americanos a dominar completamente o Train, que venceram por 16-8, mas depois deu-se mais uma reviravolta à Astralis.

Mirage foi o 1º mapa escolhido pelos Liquid e até começaram bem, vencem as 4 primeiras rondas mas os Astralis novamente a demonstrarem porque é que são a melhor equipa do mundo da atualidade, fazem 6 rondas na primeira parte, dando os primeiros sinais que afinal vinham para jogar, e depois fazem uma 2ª parte de sonho, voltaram a demonstrar aquele CS solidário e muito elevado no que toca a decisões, empatando a série em 1-1, depois de vencer por 16-11.

Em Inferno foi um jogo em modo ping-pong até meio da 2ª parte, o resultado chegou mesmo a estar 11-11, numa altura em que os Liquid com 6 rondas nas últimas 7 igualaram novamente o marcador, mas novamente no CT side, os Astralis reorganizaram e fecharam todos os caminhos, dando a volta à série com vitória por 16-11.

O último mapa jogado foi Dust2, repetiu-se uma primeira parte equilibrada, mas desta vez foi no T side que os Astralis foram mais fortes, voltam a fazer uma 2ª parte de sonho, controlando sempre o seu adversário e obrigando-o a jogar ao ritmo que iam impondo, os Liquid nunca se conseguiram encontrar e acabaram mesmo por mais uma vez perder uma final contra este adversário. Resultado desta mapa foi 16-10, fazendo o 3-1 que deu vitória no torneio aos dinamarqueses.

Esta vitória também significou que os Astralis fizeram história, juntando este torneio à DreamHack Masters Marselha, Finais da ESL Pro League Season 7 em Dallas e IEM Chicago tornaram-se os vencedores do Intel Grand Slam, sendo a primeira equipa a vencer 4 dos 10 torneios em que participou, num total de 15 que contavam para esse mesmo prémio. Assim sendo, depois de vencerem os $250,000 do torneio, ainda receberam um adicional de $1,000,000.

Nicolai “device” Reedtz recebeu o prémio de MVP do torneio, tendo ficado à frente do canadiano Keith “NAF” Markovic, que também esteve em bom plano. Com este prémio, o awper dinamarquês recebe a sua 7ª prémio individual encurtando ainda mais a distância para Aleksandr “s1mple” Kostyliev, aliando ao facto de fazer parte da melhor equipa de 2018, pode ter peso na atribuição de melhor jogador do ano.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.