Movistar

A Movistar Riders sofreu mais uma baixa no seu recém anunciado projeto de VALORANT, deixando de contar com Mihály “Tishler” Kállai.

Depois de se despedir practicamente na totalidade dos jogadores que conquistaram a Legion Defiance Cup e que terminaram a Genesis Cup Visión e Master Series Invitational #2 no segundo lugar, a organização espanhola anunciou um novo projeto para 2021.

Mantendo Carlos “scarx” Sánchez do quinteto anterior, a Movistar Riders apostou em jogadores europeus menos conhecidos no cenário internacional, entre os quais estava o português Rui “rapaztriste” Fonseca.

A experiência do jogador durou pouco e atraiu polémica para a organização, acabando por ver o seu vínculo terminado e a conta banida pela Riot Games por uso de cheats.

Agora, também o húngaro Tishler abandona após ter jogado apenas o qualificador para o primeiro evento da Rising Series, acabando a equipa desqualificada.

Neste momento, a Movistar Riders encontra-se reduzida a:

Carlos “scarx” Sánchez
Maksymilian “Kamyk” Rychlewski
Michael “mikigoalie” Buzek

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

PUB