Movistar Riders

A espanhola Movistar Riders comunicou nas suas redes sociais o fim da ligação a Rui “rapaztriste” Fonseca, removendo o português dos seus quadros.

Com equipa de VALORANT para 2021 apresentada no dia de ontem, a organização estreou o seu novo elenco no qualificador para a primeira competição da Rising Series, o novo circuito competitivo da LVP.

Após a realização do último jogo do dia, os restantes jogadores da equipa entraram em contacto com a manager Raquel Esperanza para transmitirem as suas suspeitas relativamente ao português, iniciando uma investigação junto da LVP e da Riot Games.

No comunicado lançado, a organização afirma que Rui Fonseca utilizou recursos não permitidos dentro do jogo para alcançar uma vantagem competitiva, conforme detetado pela LVP e Riot Games na sua rápida investigação.

Com efeito, Rui “rapaztriste” Fonseca já não faz parte da Movistar Riders e deixa a equipa reduzida a quatro elementos – na ronda decisiva de apuramento, a espanhola foi substituída pela top 500 and dog, equipa que eliminou ontem em BO3.

A equipa da Movistar Riders conta agora com:

Carlos “scarx” Sánchez
Maksymilian “Kamyk” Rychlewski
Michael “mikigoalie” Buzek
Mihály “Tishler” Kállai

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

PUB