sAw

A DreamHack Open Dezembro terminou hoje com a vitória de Virtus.pro sobre a equipa portuguesa de Bet7 sAw por 3-1.

Bet7 sAw apresentou-se imparável nos últimos dias ao conseguir carimbar a passagem para a fase de playoffs da competição de $100 000, seguido de uma vitória sem grande história sobre forZe nas meias-finais para avançar para o jogo decisivo do torneio.

A grande final foi disputada em formato Bo5, com Virtus.pro a alcançar a série ao vencer Gambit na meia-final respetiva por 2-1. Naquele que se apresentava como um desafio extremamente difícil para a equipa portuguesa, estes começaram da melhor forma – uma vitória em Inferno por 16:7 lançou a série de forma sorridente para a comunidade nacional.

Bet7 sAw fecha competição internacional e 2º lugar. Fotografia: Inygon

No entanto, Virtus.pro prontamente respondeu com um 16:9 em Vertigo, escolha de Bet7 sAw, empatando a partida prontamente. Train apresentou-se semelhante e ficou feito o segundo ponto para Virtus.pro com um 16:10, não deixando mais espaço para erros por parte da equipa portuguesa. Dust2 seria o último mapa da série, com a equipa da região CIS a carimbar a vitória na grande final por 3-1 após um mapa bem disputado que terminou por 19:15.

Bet7 sAw termina assim a DreamHack Open Dezembro em 2º lugar, conseguindo a fatia de $20 000 do prémio total e 80 pontos para o ranking da ESL Pro Tour. A vitória de Virtus.pro valeu à equipa um prémio de $50 000 e 100 pontos do mesmo ranking.

PUB