SAW Mut
Fotografia por: SAW/Miguel Pinto

A SAW perdeu para a Copenhagen Flames na segunda jornada da ESEA Premier S39, somando a sua primeira derrota nesta edição.

Após o triunfo por desqualificação da Eternal Fire, a equipa portuguesa voltou aos oficiais na liga internacional com uma tarefa muito difícil em mãos, superar o conjunto que ocupa o 11º lugar do ranking mundial.

Os dinamarqueses escolheram começar a série no Overpass que, apesar de ser um mapa onde a SAW não conta com os melhores registos, conseguiu manter-se competitiva com domínio no final da 1ª metade e início da 2ª.

A perder por 9-4, Ricardo “rmn” Oliveira e companhia alcançaram o empate e saltaram para a frente do marcador com o 12:10, altura em que uma ronda mal perdida complicou as ações portuguesas para o resto do mapa.

A SAW não voltou a encontrar rumo no Overpass e, ronda a ronda, a Copenhagen Flames colocou seis consecutivas para fechar o seu mapa, seguindo para o Nuke com a vitória por 16:12 e arranque no lado CT do mapa.

Num jogo de sequências, os dinamarqueses abriram e fecharam a primeira metade com dois períodos de domínio que lhe renderam um 11:04 – a reação portuguesa foi curta com apenas as três rondas inaugurais a seu favor na troca de lados.

Foi com um 16:07 que a partida terminou, deixando a SAW com registo de uma vitória e uma derrota na ESEA Premier S39. O próximo jogo acontece já pelas 18:00 desta sexta-feira com o representante nacional a enfrentar a BLINK.

Toda a participação portuguesa na ESEA Premier S39 pode ser acompanhada no canal Twitch da tua RTP Arena.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

,
PUB