Worlds 2021
SHANGHAI, CHINA- October 31st: The League of Legends 2020 Worlds Finals on October 31, 2020 in Shanghai, China. (Photo by Zhang Lintao/Riot Games)

Uma vontade exprimida em março pela Associação da Internet da China tornou-se realidade.

Através da Associação para as Publicações Digitais e Audiovisuais da China em parceria direta com o governo chinês, vai chegar o Conselho de Trabalhadores de Esports. Esta iniciativa promove a uniformação das indústria dos esports em solo chinês.

As responsabilidades desta nova iniciativa passam pela supervisão das responsabilidades das empresas chinesas de esports, promover uma indústria sustentável, desenvolver uma plataforma comum para os esports e oferecer apoio e garantias às companhias de esports.

Entre os envolvidos neste conselho, representados na unidades de vice-presidência, estão empresas de organização de torneios, produtoras, equipas e até plataformas de streaming. Estas incluem a Tencent, a Perfect World, a TJ Sports, a equipa EDG (única equipa nesta posição) e as plataformas Huya e Bilibili, para enumerar algumas.

Não é claro o que isto significa para o desenvolvimento dos esports na China mas era uma vontade expressa à meses por representantes do governo. A primeira vez que esta ideia veio a público foi no início de março, durante a apresentação Digital Esports and Intelligent Economy, organizada pela Associação da Internet da China.

Na altura, o vice-presidente da Associação da Internet da China, Song Maoen, notou a importância desta indústria: “A indústria dos esports cresceu em escala e nível, tendo já um forte efeito na economia.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

,
PUB