VINI FURIA
Fotografia por: PGL

O jogador Vinicius “VINI” Figueiredo foi removido da equipa titular na FURIA, deixando de fazer parte dos planos da organização para 2022.

A competir no projeto desde agosto de 2017, o jovem de 22 anos foi colocado nesta semana na rota da Team Liquid, confirmando-se agora através do técnico Nicholas “⁠guerri⁠” Nogueira a sua saída do quinteto.

Em comunicado, o jogador brasileiro mostrou-se triste com a decisão e afirma que quer continuar a competir profissionalmente no CS:GO, estando ciente dos rumores em torno do seu futuro e a avaliar todas as propostas que lhe chegam.

Entre as conquistas de VINI, destacam-se três obtidas em 2020 – DreamHack Masters Spring, ESL Pro League S12 e IEM New York, todas elas no cenário norte-americano, preparando-se agora para iniciar uma nova fase na sua carreira.

Com intenções de adquirir um AWP dedicado para ocupar o lugar de Vinicius, a FURIA estará interessada nos serviços de Raffael “saffee” Costa, estrela da paiN que se tem destacado ao longo do ano com 1.28 de rating.

Pelo jogador de 26 anos, a organização brasileira já avançou uma proposta formal e estão a decorrer negociações, segundo o jornalista Roque Marques, esperando-se desenvolvimentos futuros na corrida pelo AWPer.

Atualmente, a FURIA conta com:

Kaike “⁠KSCERATO⁠” Cerato
Andrei “⁠arT⁠” Piovezan
Yuri “⁠yuurih⁠” Santos
André “drop” Abreu

Nicholas “⁠guerri⁠” Nogueira (Treinador)
Vinicius “⁠VINI⁠” Figueiredo (Banco)

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

, ,
PUB