SAW
Fotografia: SAW

A SAW não conseguiu aproximar-se dos Playoffs na REPUBLEAGUE TIPOS S1, voltando a sair derrotada frente à ex-Winstrike.

Vinda da vitória contra à Caronte de Slaxx na primeira ronda, a equipa portuguesa viu o conjunto russo tornar-se no seu adversário seguinte, tendo ainda fresca na memória a derrota na final da ESEA Premier S36 Europeia.

À procura de um resultado diferente e de se juntar ao lote de equipas no 2-0, a SAW iniciou o veto que terminou em Dust2, mapa em que os portugueses já tinham derrotado os russos e que não figurou das escolhas para o BO5 anterior.

A partida teve vários momentos de superioridade de uma equipa em relação ao seu oponente, começando com a ex-Winstrike que arrecadou logo cinco rondas a defender no mapa – os portugueses acordaram e fizeram um percurso quase perfeito.

Com apenas uma ronda concedida após esse mau início, stadodo e companhia encontravam-se a vencer por 9-6 e ampliaram a sua vantagem para 12:06, ficando mais perto da vitória. No entanto, a ex-Winstrike tinha outros planos para o BO1.

À semelhança do que aconteceu na 1ª metade, os CTs começaram a não conseguir travar as ofensivas do adversário e os russos, com Krad como referência absoluta, foram explorando as oportunidades que apareciam, ficando a vencer por 15:13.

Um novo esforço português levou a partida a Overtime mas a vitória nacional não estava escrita nas cartas – a ex-Winstrike levou novamente o triunfo por 19:17 e deixou a SAW no conjunto de equipas 1-1.

Dia 29 ou 30 são as datas previstas para o conjunto de AIm regressar ao servidor na REPUBLEAGUE TIPOS S1 ainda com adversário por definir, passando todas as partidas a serem disputadas em BO3.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

PUB