saw
Fotografia por: SAW/Miguel Pinto

A SAW já conhece o seu destino na temporada 40 da nova ESL Challenger League, sendo colocada no Grupo D da competição internacional.

A antiga ESEA Premier está de volta para mais uma edição com outro nome e voltará a contar com presença portuguesa entre os participantes, optando por renovar também o seu formato e dividir as dezasseis equipas em quatro grupos.

Após ter reduzido o número de equipas que compete nesta divisão, a organização do torneio também baixou drasticamente o número de jogos que as equipas realizam na sua fase regular, libertando mais os calendários e o seu impacto neles.

Sem o round-robin de sete jornadas que esteve em vigor nas edições anteriores, os grupos GSL garantem o acesso aos Playoffs com duas vitórias num máximo de três jogos, mantendo a árvore de eliminaçaõ dupla para apurar o campeão.

Com acesso à ESL Pro League Conference S16, a competição de $50,000 terá a SAW presente nos dias 2, 8 e 9 de março (caso necessário), iniciando o seu percurso frente à SKADE com a mira colocada nos Playoffs de 29 de março a 3 de abril.

Em baixo, os grupos desta edição:

Grupo A

Grupo B

Entropiq CPH Flames
1WIN BLINK
Nemiga HEET
Into the Breach Akimbo

Grupo C

Grupo D

ECSTATIC SAW
GamerLegion SKADE
Wisla Krakow SINNERS
1shot Finest

 

Para além da equipa portuguesa de Christopher “MUTiRiS” Fernandes, o cenário nacional estará representado também na ESL Challenger League S40 Europeia pelo técnico Gustavo “Juve” Alexandre, ao serviço da britânica Into the Breach.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

PUB