sAw
Fotografia: Inygon

A SAW está mais perto de voltar a escrever uma página de história no Counter-Strike ao derrotar a ex-Winstrike por 2-1 na ESEA Premier S36.

Triunfos convincentes frente a Anonymo e Sprout viram o conjunto orientado por AIm igualar o seu melhor registo nesta divisão, voltando a estar presente na final superior e com um Top 3 garantido na pior das hipóteses.

Desta vez, o desfecho foi diferente daquele que tiveram frente à Endpoint na temporada passada da ESEA Premier, enfrentando a ex-Winstrike por um lugar na grande final à melhor de cinco mapas com um de vantagem para si.

No Nuke, os portugueses foram para o lado CT a perder por uma ronda, conseguindo construir posteriormente uma boa margem para trabalharem ao vencer sete das primeiras nove rondas, alcançando um 14:10 favorável.

Até ao fim, foi necessário suar mas a SAW levou a melhor no seu mapa com um 16:14 no marcador, acabando por não conseguir aparecer no Mirage. Colocando apenas a ronda de pistolas, o representante nacional saiu derrotado por 16:01.

O resultado volumoso não afetou a moral de rmn e companhia que foram com tudo para o Dust2, ligando um bom número de rondas para se colocarem a vencer por 10:05. Com a ronda de pistolas, os portugueses saltaram para um 13:05.

A equipa russa encurtou distâncias mas a vitória não escapou à SAW que, com este 16:08, vai disputar pela primeira vez uma grande final da ESEA Premier, ficando muito perto de uma presença inédita na ESL Pro League S14.

Vais poder acompanhar a grande final da ESEA Premier pelas 18:00 do dia 18 de abril com transmissão na RTP Arena!

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

,
PUB