Rogue LEC
Fotografia por: Riot Games/Kirill Bashkirov

A Rogue fez história em Malmö com a conquista da LEC Summer, dominando a G2 na final para alcançar o seu primeiro troféu.

Em fim-de-semana de campeonato, as três melhores equipas da fase regular viajaram até à Suécia para discutir o título – Rogue e Fnatic foram as primeiras a medir forças para decidir quem ia à final contra à G2, jogo que teve lugar no dia de ontem.

No BO5, a equipa que veste de laranja e preto levou o primeiro jogo de forma dominante mas não conseguiu dar seguimento a essa vitória. Com o grego Comp como MVP, o 3º classificado da fase regular deu a volta com triunfos nas três partidas seguintes.

O 3-1 definiu uma final com contornos históricos para a Rogue e para Odo, até então o jogador com mais jogos realizados na liga e sem um título para mostrar; foram 7 anos, 475 oficiais e duas finais perdidas que antecederam este momento para o romeno.

A equipa que levou um reverse-sweep na LEC Spring do ano passado (3-2 MAD Lions) e um stomp na última temporada jogada (3-0 G2) conseguiu vingar-se com uma entrada forte no 1º jogo que a deixou bem distante da G2, castigando o seu adversário.

Com o analista português Rodrigo, a G2 teve outro início penoso na 2ª partida mas foi capaz de esboçar uma reação forte e devolver incerteza a um confronto que já muitos davam como concluído para a Rogue – um vencedor só surgiu para lá dos 40 minutos.

Obrigada a realizar um reverse-sweep para revalidar o título, a organização de ocelote teve o First Blood mas de pouco lhe valeu; a Rogue estava determinada a alterar a sua história e foi mesmo isso que o fez com outra excelente exibição coletiva e um stomp.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

,
PUB