cloud9 overwatch league

Os LA Valiant estão oficialmente fora dos play-offs e os NYXL são a primeira equipa a confirmar a sua presença. Na luta pelos 8 primeiros lugares segue um comboio de 13 equipas que deixam tudo em aberto.

Estes foram os resultados dos últimos 3 dias:

  • Los Angeles Gladiators 1 – 2 London Spitfire

Este jogo foi estranho do inicio ao fim. Os Spitfire mostraram finalmente um bom jogo no entanto inconsistente dentro de cada mapa. O mesmo se aplica aos Gladiators. Nenhuma das equipas foi terrível mas não apresentam armas para lutar pelos lugares cimeiros.

A integração mais irrefutável da Sombra na composição GOATS está a funcionar como uma lufada de ar fresco para as equipas que se baseiam nos jogadores DPS. O incontestável Surefour parece estar a perder o lugar no composição inicial dos LA Gladiators para o suplente Decay.


  • Toronto Defiant 1 – 3 New York Excelsior

Os New York Excelsior continuam consistentes nas suas vitórias. Os Toronto Defiant são uma das equipas com o Overwatch mais interessante mas não apresentam a mesma consistência que equipas como os Titans ou os adversários deste jogo, os Excelsior.

Podemos observar o regresso de ARK e SBB ao line-up da equipa de Nova-Iorque. Os dois jogadores corresponderam às expectativas e cumpriram mas mais uma vez é impossível não falar de Mano e Meko que continuam a liderar as investidas dos NYXL.


  • Vancouver Titans 3 – 1 Los Angeles Valiant

Se há uma equipa que está a mostrar Overwatch ao nível ou até superior que os NYXL são os Vancouver Titans. Os LA Valiant conseguiram levar 1 mapa mas a decepção continua para a equipa Americana. O Space foi o melhor jogador da equipa durante esta série mas não houve jogada que lhe valesse.

Os Titans estão colados aos NYXL no topo da liga ambos liderando a sua divisão. Nesta altura é seguro dizer que ambas as equipas vão participar nos playoffs da primeira fase e será interessante ver para que lado tende a balança.


  • Shanghai Dragons 4 – 0 Chengdu Hunters

Os Shangai Dragons mantém a série positiva vencendo os Chengdu Hunters por 4-0. Os Hunters quando perdem perdem mal. As equipas parecem começar a decifrar o formato da equipa de Chengdu e isso não abona a seu favor.

Os Dragons melhoraram desde a semana passada e não são de todo os mesmos das época anterior. O Dding provou ser uma Sombra incrível e criar muitas jogadas para os Dragons. No entanto o Gamsu continua a ser o grande jogador da equipa.


  • Paris Eternal 0 – 4 Atlanta Reign

upset da noite foi este jogo. Os Paris Eternal que têm vindo a mostrar boa capacidade de jogar em 3-3, apareceram completamente desleixados. Houve espaço para Simmetra, Bastion e até Torbjorn como medidas de desespero.

Os Atlanta Reign aproveitaram a instabilidade dos parisienses e contra-atacaram com tudo ao seu dispor. O favorito do público, Dafran dos Reign, mostrou que consegue improvisar em qualquer situação e mais uma vez a sua capacidade de jogar de Zarya é impressionante e das melhores da liga.


  • Florida Mayhem 1 – 3 Houston Outlaws

Duas equipas que pretendem sair do fundo da tabela apresentaram tudo neste jogo. Neste duelo de veteranos ganhou a equipa que se preparou melhor.

Os Florida Mayhem são muito previsíveis, revelando as suas composições com cada troca que fazem de jogadores. Isto facilita a reacção dos seus adversários e foi isso mesmo que os Outlaws fizeram para levar para casa a sua segunda vitória. A equipa texana limitou-se a reagir e bem ao seu adversário e isso foi suficiente.


  • San Francisco Shock 4 – 0 Washington Justice

Os Shock continuam a tentar recuperar lugares na tabela. O objectivo da equipa de São Francisco é claro, jogar nos play-offs. A equipa de Washington continua perdida no seu próprio jogo. Ninguém nos Justice se está a evidenciar na equipa e talvez essa falta de um jogador que marque a diferença seja um dos pontos fracos da formação.

Neste jogo foi possível observar que as equipas mais experientes começam a fazer com os Justice o que era feito com os Dragons na passada temporada. Os jogos contra esta equipa servem para rotação de plantel, dar descanso aos titulares indiscutíveis e experiência para os suplentes menos utilizados.


  • Shanghai Dragons – 3 Dallas Fuel

Os Shangai perderam a sua série de vitórias mas continuam a impressionar pela positiva. Quem voltou a apresentar um Overwatch mais cuidado foram os Dallas Fuel. A equipa da chama azul conseguiu uma vitória importante na luta pelos play-offs que ainda são possível para os texanos.

Nesta série aconteceu um dos momentos mais engraçados da liga, Youngjin, o Support dos Dragons, esqueceu-se do Payload no terceiro mapa. Este pequeno esquecimento, levou ao empate dos Dallas Fuel que no quinto jogo fecharam a série a seu favor.


  • Boston Uprising 1 – 3 Toronto Defiant

Mais uma óptima performance pelos Toronto Defiant que derrotaram uns Uprising que têm vindo a melhorar. Os Defiant já tinham mostrado um jogo forte contra os NYXL e esta vitória foi a consolidação disso.

A conquista de um mapa pelos Uprising acabou por ser culpa da equipa de Toronto que na procura de jogar tacticamente, se esqueceu do objectivo em Anubis. Falta de atenção aos objectivos tem sido um problema constante nesta edição da Overwatch League.

Com este resultado, mantém-se a confusão no meio da tabela da liga.


  • Hangzhou Spark 3 – 1 Los Angeles Gladiators

A equipa de Los Angeles apresentou o mesmo line-up que tinha apresentado contra os Spitfire mas mais uma vez não resultou em vitória. A equipa chinesa entrou em campo com grande conhecimento dos seus adversários e a jogar em 3-3 foram superiores em todos os aspectos.

Nada a dizer contra os Hangzhou Spark que estão a jogar mais contidos e cientes do metagame actual, e mesmo não ganhando sempre, são uma equipa estável e constante.


  • Los Angeles Valiant 1 – 3 Guangzhou Charge

Ainda não foi este o dia dos Valiant. A equipa de Los Angeles continua com zero vitórias em cinco jogos. A equipa americana já não consegue alcançar os play-offs desta fase. O Overwatch praticado pela equipa não é mau mas parece não estar a encaixar correctamente na liga.

Os Charge estão lentamente a crescer na liga e são apontados como uns fortes candidatos a participar nos play-offs desta primeira etapa.


  • New York Excelsior 3 Seoul Dynasty

Não foi um jogo fácil para os NYXL. A batalha dos Zenniatas é sempre uma delicia de observar especialmente com a rivalidade conhecida entre Jjonak e Ryujehong, especialmente quando jogam de formas tão diferentes. O Support dos Dynasty é muito mais ofensivo, algo que neste meta não é boa táctica.

O Seoul Dynasty mostram grandes melhorias desde o inicio da temporada mas derrotar os Excelsior parece neste momento uma tarefa quase impossível. Ninguém na equipa de Nova-Iorque parece estar a fraquejar.

Com um resultado de 6 vitórias em 6 jogos já é garantido que os NYXL vão participar nos playoffs desta fase, resta ver se voltam a falhar quando realmente conta.


Ao final da terceira semana este é o aspecto da tabela classificativa:

Segue em directo a Overwatch League em https://www.twitch.tv/overwatchleague.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

PUB