JBL Experience

A RTP Arena foi convidada a testar uma experiência JBL na Imacustica em Lisboa.

Fomos convidados a testar esta experiência única sonora com algumas das colunas do segmento high-end da JBL na Imacustica de Lisboa. Esta mítica loja já com 35 anos de história disponibilizou salas sonorizadas para que fosse possível ter uma experiência auditiva de outro nível.

A experiência era excitante só pela ideia de conseguir experimentar algumas das minhas músicas favoritas de gaming. Existem bandas sonoras realmente incríveis na nossa indústria que não podia deixar passar impunes com uma oportunidade destas. Contudo, e para um amante de música como eu, foi-me disponibilizada a oportunidade de passar mais algum tempo a ouvir músicas do meu gosto pessoal, algo que valeu cada minuto.

Para além de algumas músicas, que segundo a apresentação serviam para mostrar a profundidade sonora da experiência, o áudio foi todo escolhido por mim. Abri com a música principal do Halo, uma sonoridade intemporal da indústria dos videojogos que nesta experiência fluiu como água, com todos os coros e camadas bem percetíveis.

Cada música que escolhia elevava a beleza dos tons e levou-me pelas níveis, combates, ruas e ruelas dos jogos da qual foram retiradas. Segui para uma das minhas bandas sonoras favoritas: Silent Hill: Shattered Memories, desenhada num tom de Jazz/Rock desenhada pelo artista japonês Akira Yamaoka. Cada nota tocada na guitarra funcionou exatamente como esperado, com os sons a penetrarem nos meus ossos como, e passando a expressão, memórias estilhaçadas.

Obviamente que não podia terminar este segmento sem ouvir a música que mais me marcou da minha série de videojogos favorita, Mass Effect. Ouvi então pela primeira vez num registo de alta fidelidade, Leaving Earth. Para além de lágrimas nos olhos, senti todo o meu corpo estremecer como se estivesse a bordo de um Shuttle enquanto os Reapers destruíam a terra no início do Mass Effect 3, numa sensação que não consigo descrever por meras palavras mas levarei marcada para a vida.

Fora do gaming andei por algumas músicas que estão sempre na minha lista de reprodução diária. Ouvi algum Metalcore com a Doomsday dos Architects, uma música que por si só é uma obra-prima para os meus ouvidos mas que me fez sentir num verdadeiro concerto durante a experiência, como se estivesse no meio de um moche rodeado de ninguém à minha volta.

Claro que a minha banda favorita, The National, não podia ficar fora das escolhas e tive oportunidade de ouvir um dos meus temas favoritos nesta plataforma. Available foi o tema que ouvi em primeiro lugar num set-up mais modesto, a rondar os 25.000€, numa outra sala, seguindo para comparar na sala onde passei todo o tempo, com uma montagem avaliada nos 250.000€.

Estes valores estão fora do que muita gente estaria disposta a, ou capaz de, dar por equipamento de áudio mas felizmente, o responsável pela experiência na Imacustica, Guilherme Marques, garantiu-me que é possível sentir algo semelhante como material de valores mais baixos, mantendo parte da fidelidade.

Aproveitei ainda a oportunidade para desafiar o Guilherme a recomendar algum material especial mais próximo dos orçamentos dos gamers:

Comecei por questionar que tipo de equipamento poderia um jogador usar para equipar o seu set-up de gaming que queira ouvir a alto e bom som os seus jogos favoritos. O Guilherme recomendou quase de imediato o kit L52 Classic da JBL que cabe perfeitamente em qualquer quarto, escritório ou salão de jogos. Estas foram as primeiras colunas que experimentei nesta JBL Experience e posso garantir que a qualidade está bem presente em todos os espectros sonoros, ficando a faltar experimentar com um jogo a decorrer.

Claro que alguns jogadores preferem uma experiência mais recôndita e dedicada, com auscultadores ao contrário de colunas, para que os efeitos espaciais os ajudem durante o jogo. Quanto a esta questão, o Guilherme recomendou 4 pares da Audeze disponíveis entre várias gamas de preços, dos mais acessíveis aos mais caros como os LCD-GX, os Mobius, os Penrose e no topo, os LCD-5.

Apesar dos valores para alta fidelidade de áudio serem elevados para o comum jogador, a experiência que promovem vale cada tostão investido. Caso queiram descobrir mais e até experimentar esta mesma experiência JBL, podem deslocar-se à Imacustica Lisboa, na Avenida do Brasil e ouvir as vossas músicas favoritas de videojogos ou no geral, claro.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

, ,
PUB