glow
Fotografia: Riot Games

A Vision Strikers anunciou o fim de carreira de Kim “glow” Min-soo, jogador histórico nos FPS asiáticos e ex-capitão da equipa de VALORANT.

Com 33 anos, Kim Min-soo esteve mais de uma década no ativo com uma longa carreira no Counter-Strike, tendo feito parte de equipas como Lunatic-hai e WeMade FOX antes da transição para o CS:GO.

Na versão mais recente do FPS da Valve, glow esteve sempre a representar a MVP PK, organização com a qual venceu torneios como o CS:GO Asia Summit, ZOTAC Cup Masters Asia e eXTREMESLAND ZOWIE Asia, estes últimos em 2018.

No final de abril de 2020, a equipa trocou o CS:GO pelo VALORANT e iniciou o seu domínio no cenário asiático e coreano, iniciando uma sequência superior a 100 jogos sem qualquer derrota, um recorde com 102 vitórias em 107 jogos.

Campeã do VCT 2021: Korea Stage 1 Masters, a Vision Strikers caiu frente à NUTURN há duas semanas e falhou a qualificação para o VCT Masters 2, perdendo agora um nome icónico antes de iniciar a sua participação rumo ao Masters 3.

glow considerou que esta é a altura certa para se retirar tendo em conta a sua idade e o sucesso futuro da equipa, sentindo que o seu teto como jogador tinha chegado ao limite após as participações no VCT Challengers KR 1 e 2.

A Vision Strikers está reduzida temporariamente a:

Kim “stax” Gu-taek
Goo “Rb” Sang-Min
Lee “k1Ng” Seung-won
Kim “Zest” Ki-seok

Pyeon “termi” Seon-ho (Treinador Principal)
Kwon “Argency” Soon-woo (Treinador Adjunto)

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

PUB