Nintendo super smash bros ultimate

Uma pequena percentagem da Nintendo é agora detida pelo governo da Arábia Saudita, segundo um report Bloomberg.

São 5.01%, avaliados em $2.98 mil milhões segundo o The Financial Times, que fazem da Arábia Saudita a quinta maior investidora da marca de videojogos nipónica. O investimento foi feito por um fundo público que tem a responsabilidade de procurar investimentos atrativos para o país.

Já não é a primeira vez que este fundo faz avanços sobre marcas ligadas ao gaming, detendo também partes na Capcom, Nexon, EA, Take-Two e SNK. São ainda detentores do Savvy Gaming Group, atual dono da ESL e da FACEIT após uma aquisição na ordem do $1.5 mil milhões.

À Bloomberg, um porta-voz da Nintendo recusou comentar o negócio, alegando ter tomado conhecimento do mesmo através dos meios de comunicação.

O país árabe tem tentado vários investimentos na área dos videojogos e do entretenimento, quase sempre com posições pequenas nas empresas. Muitas companhias mantêm relutância em negociar com este país que é acusado de várias violações dos direitos humanos, nomeadamente contra os direitos das mulheres e comunidades LGBTI+.

No passado, companhias como a BLAST e a Riot Games anularam as suas parcerias anunciadas com entidades públicas deste país, chegando a pedir desculpas aos seus fãs e seguidores.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

PUB