Sinatraa
Foto: Blizzard Entertainment

A Riot Games emitiu um comunicado relativo a Jay “Sinatraa” Won, suspendendo o jogador norte-americano de VALORANT por seis meses.

Com 21 anos e passado no Overwatch, o jogador da Sentinels foi acusado de abuso sexual pela ex-namorada no início  de março e falhou o VCT Masters 1 Norte-Americano, tendo estado sob investigação desde então.

Agora, Jay Won violou a regra 8.1 da “VALORANT Global Competition Policy” por não ter cooperado por completo com a investigação do operador de torneio, acabando por receber uma suspensão de meio ano e treino de conduta profissional.

A Riot Games conta o dia 10 de março como o início desta suspensão, afastando o jogador dos servidores até ao dia 10 de setembro e possibilitando ao mesmo participar no VCT LCQ e VCT Champions, desde que cumpra o outro requisito.

No comunicado, pode ler-se ainda que Sinatraa nunca cumpriu com o que comunicou publicamente – o jogador anunciou inicialmente que iria partilhar o vídeo completo e aúdio do caso, algo que acabou por não fazer.

Desde que o jogador foi suspenso por tempo indefinido, a Sentinels tem utilizado Tyson “TenZ” Ngo por empréstimo da Cloud9 Blue, obtendo a qualificação para o VCT Masters 2 em Reiquiavique.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

PUB