Sharks
Fotografia por: Sharks

A Sharks efetuou alterações no seu projeto de VALORANT pela primeira vez, removendo três elementos do lineup ativo na noite passada.

A organização portuguesa chegou ao FPS da Riot Games a 7 de março com aposta em quinteto brasileiro, obtendo resultados cedo com a qualificação para o VCT Masters 2, a primeira LAN internacional do jogo.

Depois de participar na prova de Reiquiavique, os tubarões sonharam com a participação no VCT Masters 3 mas acabaram por ver derrotas consecutivas com FURIA e Keyd Stars afastarem os mesmos desse objetivo.

Em fim de época, a Sharks competiu no Last Chance Qualifier da América do Sul e ficou pela fase de grupos, perdendo no jogo decisivo para a FURIA que viria a conquistar a vaga no VALORANT Champions frente e Gamelanders e Australis.

Nas suas redes sociais, João Duarte, CEO da organização, afirma que este foi um bom ano para a divisão de VALORANT mas que, para vencer de forma consistente, julgam ser necessário subir uns patamares e vão tentar outro caminho.

Com efeito, Matheus “fra” Fragoso e Winicius “light” Alves rumam ao banco da Sharks enquanto o treinador Fabricio “fx” Yokoyama deixa o posto, já os restantes elementos irão continuar no ativo e sob contrato.

Atualmente, o VALORANT da Sharks é composto por:

Matheus “DeNaro” Hipólito
Wallacy “prozin” Sales
Gabriel “gaabxx” Carli

Augusto “Geto” Nobre (Manager)
Matheus “fra” Fragoso (Banco)
Winicius “light” Alves (Banco)

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

,
PUB