Sharks DreamHack

A organização portuguesa Sharks viu a equipa de CS:GO vencer a DreamHack Open Setembro América do Sul depois de uma grande final disputada em cinco mapas frente a 9z.

A equipa comandada por Hélder “coachi” Sancho venceu durante a noite de domingo a grande final da competição de $30.000, conseguindo ainda segurar a presença na ESL Pro League S15 Conference, uma das novas competições anunciadas pela ESL.

Depois de perder por 0-2 frente a 9z na primeira ronda, Sharks teve de fazer o percurso até à grande final pela Bracket inferior, vencendo Paquetá e Bravos sem ceder um único mapa. Do outro lado, foi também a 9z que chegou à grande final sem nada perder.

Partindo em desvantagem na grande final devido à bracket inferior, a Sharks conseguiu o empate após vencer Ancient pela margem mínima, deixando tudo novamente em aberto.

Todos os mapas da grande final acabariam por ser resolvidos nos pormenores, com o Nuke logo de seguida a terminar por 16:13 para a 9z, voltando a equipa internacional a estar novamente na frente na final Bo5.

Foi pela margem mínima que Sharks voltou a responder, conseguindo vencer Inferno por 16:14 e deixando todas as decisões para o último mapa, Mirage. Sharks conseguiria, por fim, fechar a grande final com um 16:11, o resultado mais díspar desta grande final, segurando a vitória por 3-2.

Com esta vitória, a organização portuguesa arrecadou o prémio de $16.000 e a presença na ESL Pro League S15 Conference, competição que irá decorrer no final de novembro e que irá oferecer 3 vagas na próxima temporada da ESL Pro League.

A classificação final da DreamHack Open Setembro América do Sul foi:

Lugar

Equipa

Prémio

Sharks $16,000 + Vaga na ESL Pro League S15 Conference
9z $8,000
Bravos $4,000
Paquetá $2,000

 

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

PUB