SAW Mut
Fotografia por: SAW/Miguel Pinto

A SAW ficou pelo caminho no OMEN WGR European Challenge 2022, caíndo nas meias-finais para a francesa Falcons.

Em dia de Playoffs, a Final Four arrancou com o intenso duelo entre MASONIC e Imperial para definir o primeiro finalista, série que se prolongou pela tarde e que teve mais de 90 rondas jogadas para apurar um vencedor.

Com uma reviravolta incrível no Vertigo, os dinamarqueses foram os primeiros a sorrir com uma vitória pela margem mínima mas a equipa brasileira ainda tinha uma palavra a dizer, virando a série nos dois mapas que se seguiram.

Gabriel “FalleN” Toledo apareceu num grande nível e foi fulcral nas vitórias obtidas, primeiro em Overtime no Dust2 (19:15) e depois no Overpass, mapa que terminou com um 16:13 para confirmar a presença brasileira na final.

Logo após, foi a vez da SAW ir a jogo para medir forças com a Falcons, equipa que tinha ficado no 2º lugar do Grupo A. Nesta série, Dust2, SAW e Inferno foram os mapas escolhidos num veto iniciado pelos franceses, #55 mundial.

Com uma vantagem pela margem mínima obtida no lado CT, os portugueses tiveram muito problemas a atacar e foram anulados por completo, não conseguindo sequer ganhar bombsites para plantar a bomba e jogar com o tempo.

Com 8 rondas seguidas, a Falcons alcançou o ponto de jogo e cedeu apenas uma antes de fechar no 16:09, mantendo a pressão no Nuke onde chegou ao intervalo a vencer por 9-6. Após a troca de lados, calhava à SAW defender.

O lado T tinha sido bom para a equipa portuguesa com seis rondas no marcador mas o intervalo voltou a ser madastro para Renato “stadodo” Gonçalves e companhia, produzindo pouco e acabando eliminados com um 16:08 final.

Vice-campeã da primeira edição onde foi batida pela Movistar Riders, a SAW despede-se agora do OMEN WGR European Challenge 2022 com o Top 4 e 2.500€. A grande final é jogada pelas 12:00 de amanhã entre Imperial e Falcons.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

, ,
PUB