VALORANT

De acordo com a Dexerto, a Riot Games está a investigar situações de conluio entre os jogadores que transitaram para o VALORANT.

Esta peça de Richard Lewis foi lançada na sequência de uma entrevista bombástica de Ian Smith, confirmando que o FBI está envolvido na investigação da ESIC ao matchfixing no cenário Norte-Americano de CS:GO.

Alegadamente, vários dos jogadores envolvidos nesses esquemas efetuou a sua transição para o VALORANT, levando a Riot Games a investigar com maior detalhe o passado dos mesmos, iniciando uma série de entrevistas junto de jogadores.

Segundo fontes do jornalista, existem organizações que não estão a assinar com jogadores enquanto os mesmos não forem ilibados pela Riot Games, levando a que a produtora se envolvesse de forma a perceber o nível de integridade no cenário.

Na investigação independente daquela que está a ser levada a cabo pela ESIC há meses, jogadores e donos de organizações já deixaram depoimentos, no entanto foram levantadas algumas dúvidas sobre a eficácia das questões feitas.

Certo é que o desfecho de ambas as investigações promete ser impactante no cenário e nos Esports em geral.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

,
PUB