RastaArtur
Fotografia: FPF eFootball/João Ferreira

Os problemas para RastaArtur continuam, agora com o anúncio de uma nova penalidade pelas mãos da EA.

No início do mês o jogador de FIFA da Betclic Apogee foi suspenso da eLiga Portugal por 1 ano competitivo. Em cima da mesa está uma acusação relativa ao dia 26 de abril num jogo entre o eFC Porto SoccerSoul e o Sporting CP Esports.

As razões apontadas pelo processo foram de “interrupção de jogo”, “violação de deveres” e “reincidência”. À escrita da primeira notícia, a RTP Arena já tinha conhecimento de que a EA teria replicado a suspensão a provas oficiais, estando na altura a ponderar sobre o apelo efetuado.

Agora saiu a decisão final da EA SPORTS que declara o jogador como culpado na situação indicada pela eLiga Portugal. As violações do código EA SPORTS FIFA 22 Global Series foram as seguintes:

  • “Interferir ou interromper a transmissão ou a produção da transmissão;”
  • “Participar de qualquer outra atividade que perturbe o ambiente de jogo profissional, justo e respeitoso da competição;”
  • “Interferir ou interromper a participação de outras pessoas que jogam na Competição;”

O jogador estará agora afastado de todas as competições oficiais deste circuito durante 365 dias. A suspensão inclui eventos, eliminatórias e até eventos de parceiros do circuito oficial.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

,
PUB