Flashpoint

Após três dias de jogos, o primeiro qualificador aberto para o Flashpoint S3 terminou com apuramentos de Movistar Riders e Sangal.

Com 415 equipas a participar, a árvore de eliminação única viu a equipa de smooya iniciar a árvore de eliminação única com um BYE e triunfo sobre a kaktuskim, seguindo-se duas vitórias consecutivas frente a FTW e Rhyno em Overpass e Nuke.

Vitórias por 16:04 e 16:03 colocaram os Jinetes no Top 32 onde superaram katt e 19CM GANG para chegar à fase com partidas BO3, enfrentando a Chetz. Depois de um Train sofrido (19:17), a Movistar Riders dominou o Inferno, mapa que fechou por 16:03.

A uma vitória do seu objetivo, o representante ibérico viu shokz destacar-se frente à Copenhagen Flames, resgatando um duplo 16:14 em Nuke e Overpass para assegurar o qualificador fechado e ficar mais perto do primeiro RMR europeu de 2021.

Do outro lado, a Sangal foi somando vitórias apertadas nos BO1s antes de dizimar a QB Fire no BO3, levando o Inferno por 16:02 e o Vertigo por 16:06. Em conflito de calendário, a SKADE não compareceu à partida de apuramento com os turcos..

Disputado no final de abril (27 a 30), o qualificador fechado junta 16 equipas (8 convidadas, 8 apuradas) numa árvore de eliminação dupla BO3 para apurar as últimas cinco equipas da Flashpoint S3. Mais informações podem ser consultadas aqui.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

PUB