G2 m0nesy bug
Fotografia por: PGL/João Ferreira

A PGL gerou controvérsia com a decisão tomada em torno do exploit utilizado por Ilya “m0NESY” Osipov, autorizando o uso do mesmo no Major.

A comunidade internacional de Counter-Strike acordou em alvoroço para o segundo dia da Legends Stage – o drama que começou com o jogo entre G2 e Imperial ganhou novos contornos hoje com a posição oficial da organizadora.

Uma reação não-intencionada na combinação vertical de smokes permitiu a m0NESY anular os efeitos da primeira granada colocada no local, ganhando vantagem para defender um Mirage que a G2 viria a ganhar por 16:12 apenas.

Nas redes sociais, jogadores como karrigan e Twistzz não pouparam a decisão da PGL: “hora de encontrar todos os lineups nos outros mapas e desfrutar” ou “estão cientes que isto não é uma smoke de sentido único? o bug pode ser feito em qualquer mapa”.

Num esforço conjunto de STYKO (jogador da Apeks) e da CSPPA (Associação de jogadores profissionais de Counter-Strike), todas as equipas entraram rapidamente num acordo de cavalheiros para não utilizar este exploit nas suas partidas do PGL Major.

Podes acompanhar todas as partidas do PGL Major Antwerp com transmissão no canal Twitch da tua RTP Arena!

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

, ,
PUB