Movistar Riders

O qualificador fechado da LVP Unity Cup terminou nesta noite com a vitória da Movistar Riders sobre a brasileira CASE por dois mapas a um.

A grande final teve lugar pelos prémios monetários em jogo, cerca de 4.000€ com 3.000€ destinados ao vencedor. No duelo entre Movistar Riders e CASE, Inferno, Nuke e Mirage foram os mapas escolhidos para a série BO3.

A equipa espanhola era a grande favorita à vitória mas não a atingiu sem passar por dificuldades, conseguindo assegurar o Inferno por 16:11 e entrando melhor no Nuke com nove rondas colocadas a atacar.

Quando alguns previam o 2-0 na série, o conjunto de dzt fez uma 2ª metade practicamente perfeita para igualar a série com um 16:10. No Mirage, os brasileiros aproximaram-se da vitória ao atingir o 15:10 mas não fecharam a partida.

A Movistar Riders salvou cinco pontos de jogo e trouxe o jogo de volta no Overtime, vencendo por 19:16 para assegurar a seed superior e os 3,000€ destinados ao 1º lugar. Já apurada para o evento principal, a CASE garantiu 1.000€.

Com $25,000 destinados ao campeão ibérico e uma vaga na BLAST Premier Spring Showdown, a LVP Unity Cup reúne oito equipas numa fase de grupos GSL BO1 seguida de uma árvore de eliminação única BO3.

A LVP Unity Cup joga-se nos dias 22 a 24 de março com as seguinte equipas:

SAW Movistar Riders
OFFSET VELOX
FTW CASE
Golden Gaming Miami Pitingos

 

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

PUB