FIFA FIFPRO

A EA Sports terminou o seu levantamento e puniu mais de 30,000 infratores no FIFA que abusaram do infame “No Loss Glitch” no último FUT Champions.

A 2ª liga de fim-de-semana na mais recente versão do simulador futebolística foi bem diferente daquilo que é costume – um glitch que prevenia derrotas no jogo espalhava-se rapidamente por toda a comunidade, mais fácil do que nunca para reproduzir.

Ao premir o botão PS e ficar fora do jogo durante 30 segundos, um utilizador podia ser expulso da partida enquanto estava a perder sem ficar com a derrota no registo, continuando a fazer os seus jogos do FUT Champions até atingir o resultado desejado.

Como consequência, milhares de recompensas do melhor rank foram distribuídas e tiveram um impacto negativo no mercado do FIFA. Resolvido no próprio dia em que começou a ser abusado em massa, o glitch desapareceu mas o mal já estava feito.

Depois de prometer investigar o caso e quem fez uso desta situação, a EA Sports identificou mais de 30,000 contas ativas com diversas infrações dessa natureza, decidindo suspender todas por um período de 7 dias e evitar o recurso a medidas mais extremas.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

PUB