Copenhagen Flames

A Copenhagen Flames apresentou os novos jogadores do seu projeto 3.0 no Counter-Strike, dando início a uma nova era na organização.

Com reputação internacional no cenário pela formação e exportação de talentos, a organização dinamarquesa já montou dois projetos bem sucedidos do zero e foi casa de nomes como AcilioN, refrezh, HooXi e nicoodoz no passado.

Agora, e após mais uma temporada repleta de transferências que marcou o fim da equipa que a levou aos últimos dois Majors de CS:GO com boas prestações, a Copenhagen Flames volta a apostar em talento dinamarquês para competir.

Com contratações feitas junto de projetos como ECSTATIC, Sprout, MAD Lions e Fnatic, a organização vai atacar as próximas competições com um quarteto dinamarquês e Iulian “⁠regali⁠ Harjău, jovem promessa romena que assume a AWP desta equipa.

Antigo colega de academia do português Francisco “kst” Fragoso, o jogador de 19 anos vai continuar a trabalhar junto de Benjamin “⁠cube⁠ Stabell que também orientou a Fnatic Rising e abraça agora um novo desafio de treinador na CPH Flames.

A organização dinamarquesa recrutou os seguintes elementos:

Thomas “⁠birdfromsky⁠ Due-Frederiksen
Iulian “⁠regali⁠ Harjău
Rasmus “⁠raalz⁠ Steensborg
Johannes “⁠b0RUP⁠ Borup
Thomas “⁠TMB⁠ Bundsbæk

Benjamin “⁠cube⁠ Stabell (Treinador)

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

PUB