BLAST

As finais da temporada de Outono da BLAST Premier chegou hoje ao fim com a vitória de Vitality, após derrotar Astralis na grande final por 2-1.

A tarde iniciou com a final de consolidação entre BIG e Astralis, onde a equipa dinamarquesa apresentou um incrível comeback em Nuke para vencer por 16:14, seguido de um 16:6 em Dust, garantindo por 2-0 a presença na grande final frente a Vitality.

A fase de vetos ditou que Vertigo, Dust2 e Inferno seriam os mapas desta grande final, com Vitality a abrir de forma dominante na escolha de mapa adversária por 16:4. Astralis apresentou uma boa resposta inicialmente no Dust2, conseguindo uma vantagem por 8:0, mas a equipa francesa respondeu e chegou a fazer o 14:13. No entanto, Astralis acabou por sair por cima pela vantagem mínima e forçou Inferno.

Vitality venceu a última temporada da BLAST Premier de 2020. Fotografia: EPICENTER

Inferno apresentou-se como um mapa mais desequilibrado do que daria a entender a quem estive a assistir – apesar da pesada derrota de Astralis por 16:5, o mapa apresentou-se equilibrado em grande parte das rondas, mas foi a equipa francesa que acabou por sair por cima e fechou a grande final por 2-1.

A vitória de Vitality garantiu à equipa um prémio de $225 000, com EQUIPA a segurar apenas $85 000. Devido a estas duas equipas já estarem confirmadas nas finais globais de 2020 disputadas no próximo mês de Janeiro, as duas últimas equipas serão escolhidas através do ranking internacional da BLAST.

Acompanha toda a ação da BLAST Premier no canal da  Twitch da tua RTP Arena.

Esta competição tem o apoio de ESC OnlineAXE Gaming e Philips OneBlade.

 

PUB