Sharks
Fotografia por: Sharks

A campanha da Sharks na ESL Pro League S15 Conference chegou ao fim nesta quinta-feira com a derrota sofrida para a Anonymo.

A equipa brasileira estava proibida de escorregar à entrada para o seu duelo de hoje, fruto de um percurso que começou no desaire para a LDLC e que teve continuidade na árvore inferior com o triunfo obtido junto do EC Brugge.

Do outro lado do servidor, os tubarões tinham os polacos da Anonymo, conjunto que ocupa a posição #47 do ranking mundial e mediu forças com a Movistar Riders no dia anterior, iniciando o veto para esta série à melhor de 3 mapas.

No Vertigo, a Sharks colocou seis rondas a defender mas não encontrou soluções no ataque, quebrando apenas por uma vez o CT da Anonymo; na sua praia, o tubarão nadou melhor e vencia por 11:04 ao intervalo, igualando com um 16:08.

Empatada após o Mirage, a série teve um fim anti-climático no Nuke onde o quinteto orientado por Hélder “coachi” Sancho viveu um autêntico pesadelo, colocando apenas a primeira e a última ronda das primeiras quinze disputadas no marcador.

A reviravolta era improvável e a derrota chegou mesmo no 16:03, o ponto final no sonho da organização portuguesa rumo à temporada 15 da ESL Pro League.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

PUB