SAW Mut
Fotografia por: SAW/Miguel Pinto

A SAW ficou sem margem para erro na Pinnacle Winter Series 1, perdendo mais um jogo no formato suíço principal para a 1WIN.

Invicta na etapa regional, a equipa portuguesa recomeçou ontem a sua campanha rumo às três vitórias necessárias para seguir em frente, dando luta aos suecos da Dignitas antes de sucumbir no decisivo Inferno.

De regresso ao servidor, a 1WIN de Egor “flamie” Vasilyev foi o segundo oponente da SAW nesta fase e iniciou o veto que viu Dust2, Ancient e Nuke serem os mapas escolhidos, começando a série com vantagem russa.

Com a vitória pela margem mínima no lado T, a 1WIN cedeu apenas uma ronda após a troca de lados para fechar no 16:08, levando resposta na mesma moeda – domínio de início a fim no Ancient deu novo alento aos portugueses.

O 16:04 favorável conduziu a SAW até ao Nuke onde teve dificuldades para entrar no jogo, garantindo cinco rondas antes da troca de lados. A defender com o 5-10 no marcador, era imperial uma boa entrada mas a mesma não surgiu.

Depois de perder a 2ª ronda de pistolas, a equipa de stadodo venceu o force logo após mas foi vítima do mesmo mal, acabando por permitir ao seu oponente uma vantagem de 15-6 que não foi capaz de anular para discutir o mapa.

Com o resultado final estabelecido no 16:09, a SAW cai para o lote de equipas com registo 0-2 e está proíbida de escorregar mais na prova, necessitando de três vitórias consecutivas para atingir os Playoffs da Pinnacle Winter 1.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

,
PUB