mousesports

A mousesports irá albergar um novo projeto competitivo nos seus quadros, segundo informações apuradas por Tomek Jóźwik da Cybersport e Patryk Stec da Sport.pl.

Conhecida por desenvolver diversos talentos ao longo dos anos no FPS da Valve, a organização alemã estará a preparar mais um passo nesse sentido com a criação de uma academia bastante jovem para a representar.

A equipa principal da mouz ganhou nova vida com a chegada de Christopher “dexter” Nong e, após um início tremido, conquistou a Flashpoint S3 vinda do qualificador fechado e escalou para o 6º lugar do ranking mundial.

Este novo projeto da mousesports não estará isento de investimento com a maioria dos seus jogadores a estar vinculada previamente a outras organizações – Ádám “torzsi” Torzsás será o caso mais sonante neste sentido.

O jogador que deu nas vistas ao serviço da Budapest Five teve a sua cláusula de rescisão acionada, juntando-se a ela a dupla polaca composta por Kamil “siuhy” Szkaradek e Hubert “Szejn” Światły que se despediram recentemente da Izako Boars.

O luso-alemão Jon “JDC” de Castro que se qualificou no final de março para a FPL e representou equipas como BLUEJAYS, PANTHERS e Unicorns of Love seria outra das peças deste quinteto e a mais velha por sinal, com apenas 21 anos de idade.

A completar a academia da mousesports estará o jovem Dorian “xertioN” Berman que defendeu no passado as cores da KPI e é considerado um dos talentos emergentes no cenário israelita que já deu ao CS nomes como flameZ da OG.

A confirmar-se, a academia da mousesports será composta por:

Kamil “siuhy” Szkaradek
Hubert “Szejn” Światły
Jon “JDC” de Castro
Ádám “torzsi” Torzsás
Dorian “xertioN” Berman

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

,
PUB