PGL Cloud9 HObbit
Fotografia: PGL/João Ferreira

O agora jogador da Cloud9 Abai “HObbit” Hasenov foi acusado por um antigo colega de equipa de ter perdido rondas de forma deliberada para vencer apostas – também conhecido como match-fixing.

Rustam “⁠5TRYK#R⁠” Alimkulov, antigo colega de equipa do jogador da Cloud9, decidiu vir a público e revelou informações e provas que colocam em causa a legitimidade de alguns resultados da PARTY, uma equipa de 2015 que contava com os dois jogadores já mencionados, assim como Bektiyar “⁠fitch⁠” Bahytov, Adlet “⁠keeN⁠” Nyrseytov e Magzhan “⁠fANTASTIKA⁠” Temirbolat.

As provas apresentadas pelo ex-jogador consistem em capturas de ecrã do site de apostas utilizado, gravações das rondas e clips de aúdio das comunicações dos jogadores. Os jogadores da PARTY terão apostado nos resultados das rondas de pistola, onde depois perderam de propósito, alegadamente, para receberem prémios monetários avultados – algumas apostas terão sido mesmo canceladas por suspeita de fraude.

H0bbit publicou um tweet após as alegações terem sido tornadas públicas através da Dexerto, onde mencionou que nunca esteve envolvido em match-fixing, defendendo ainda toda a integridade que teve ao longo da carreira enquanto jogador e apresentou-se disposto a auxiliar a ESIC nas investigações que entretanto foram iniciadas.

Apesar de ter sido em 2015, 5TRYK#R⁠ terá vindo a público agora devido a uma situação grave de saúde, referindo que pretende “ficar de consciência tranquila”.

São esperadas novidades para o futuro com o decorrer das investigações.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

TÓPICOS

, ,
PUB