BLAST

Numa final inesperada, FaZe Clan sobrepôs-se a NiP por 2-0 e venceu o último BLAST Pro Series antes de Final Global em dezembro, levando para casa a maior fatia do prémio de $250 000.

Como já é habitual nos eventos BLAST, o segundo dia começou com as três últimas rondas de jogos, onde FaZe e NiP continuaram a mostrar a boa forma apresentada no dia anterior.

Cloud9 acabou por terminar o torneio em último lugar, tendo sido incapaz de vencer um único jogo, terminando apenas com um empate. Os resultados mais surpreendentes foram mesmo os de Astralis e Liquid, que terminaram em 4º e 5º lugar, respetivamente, conseguindo apenas 2 vitórias nos 5 jogos. A diferença entre as equipas foi apenas definida pelo empate entre Na’Vi e Astralis, tendo a equipa dinamarquesa terminado com 2 derrotas apenas, comparativamente a 3 de Liquid.

Em 3º lugar ficou Na’Vi, que acabaram por disputar a BLAST Stand-off contra Astralis, por escolha do público local. Para satisfação dos fãs, a equipa dinamarquesa acabou mesmo por vencer o showdown de 1v1’s e assegurar o bónus de $20 000 de prémio.

A Grande Final começou da melhor forma para NiP, que asseguraram Match Point de forma rápida. Apesar da desvantagem e um resultado complicado de 7-15, FaZe nunca desistiu e acabou mesmo por conseguir recuperar para 15-15 e vencer Nuke em overtime por 19-15.

O encontro prosseguiu com a escolha de FaZe, Dust2, que começou e manteve-se de forma extremamente equilibrada até aos momentos finais do jogo, onde a equipa de Håvard “rain” Nygaard acabou por se sobrepor e vencer por 16-12 com um 2v4 de NiKo e coldzera. Com esta vitória, FaZe Clan fechou a grande final por 2-0 e arrecadou o prémio de $125 000, deixando a menor fatia de $50 000 para a equipa sueca.

A classificação final da BLAST Pro Series Copenhaga foi a seguinte:

1º classificado: FaZe Clan | $125 000
2º classificado: NiP | $50 000
3º classificado: Na’Vi | $25 000
4º classificado: Astralis | $15 000 (+ $20 000 Stand-off)
5º classificado: Liquid | $10 000
6º classificado: Cloud9 | $5 000

Com o terminar do evento de Copenhaga, sobra apenas um para encerrar o circuito de 2019 – BLAST Global Final, jogada em Barém e na tua RTP Arena nos dias 12, 13 e 14 de dezembro.

PUB