maNkz

A Copenhagen Flames promoveu alterações dentro da sua equipa de CS:GO, removendo Marcus “maNkz” Kjeldsen do seu lineup ativo.

O jogador dinamarquês de 23 anos estava atualmente na sua segunda estadia na Copenhagen Flames, tendo feito parte da organização num curto período de dois meses entre agosto e outubro de 2020 antes de ser vendido, juntamente com mertz, à x6tence.

No início de 2021, maNkz regressou ao projeto após o fim dos planos internacionais da x6tence, ajudando a sua atual equipa a escalar do #72 do ranking mundial até ao #26 em cerca de três meses – no entanto, a forma do último mês deixou a desejar.

Atualmente no #46 após uma queda de 13 lugares na mais recente atualização, a organização comunicou que a equipa não conseguiu atingir o seu potencial, dentro e fora do servidor, acabando por sacrificar maNkz no processo de trazer a equipa de volta ao topo.

O treinador djL referiu que mAnkz estava com dificuldades em evoluir na direção do sistema implementado, havendo problemas dentro do conjunto que só pioraram com o tempo. O sueco sentiu que a equipa necessitava de um abanão e de um novo começo para o seu futuro.

A Copenhagen Flames está reduzida temporariamente a:

Jakob “Jabbi” Nygaard
Nico “nicoodoz” Tamjid
Asger “AcilioN” Grunnet Larsen
Magnus “⁠Nodios⁠” Olsen

Daniel “djL” Narancic (Treinador)
Marcus “⁠maNkz⁠” Kjeldsen (Banco)

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

PUB