fpf esports allianz supertaça

Segundo comunicado oficial da FPF eSports, a mesma já não se encontra suspensa de praticar actividades referentes à modalidade 11 vs 11 ou Pro Clubs. Após conversações com a EA Esports e a FIFA, ficou decretado que as FPF eSports sofrerá algumas limitações à sua gestão das competição deste modo devido a não ter qualquer poder legal sobre a propriedade intelectual do jogo FIFA.

Esta suspensão deu-se por consideração da EA de que o modo de competição criado pela FPF eSports ia contra a estratégia da produtora do jogo para promover a competição deste modo do FIFA.

Após uma nova reunião ficaram definidas algumas novas medidas a serem implementadas pela FPF eSports. Estas medidas são:

  • Toda a actividade de Pro Clubs da FPF eSports segue a directriz imposta pela EA Sports dedicada a competições para a comunidade;
  • As competições de Pro Clubs deixam de estar directamente sob a chancela da FPF eSports e passam a ter um âmbito comunitário;
  • A FPF eSports criou uma divisão dedicada exclusivamente à comunidade de futebol virtual sob o nome “Futebol Virtual”, gerida pela mesma equipa da FPF eSports e que fará a gestão de toda actividade de Pro Clubs;
  • As competições – Supertaça Pro Clubs, Taça da Liga Pro Clubs, Liga Portuguesa de Pro Clubs, Liga 2 Pro Clubs, Campeonato de Portugal, Campeonato Nacional (Origin) e Taça Nacional (Origin), vão manter a sua actividade;
  • A Taça de Portugal Pro Clubs será unida com a Taça de Portugal 1vs1 numa única prova “rainha” de futebol virtual dedicada a clubes e disputada em 2vs2 na fase final;
  • Todas as competições terão direito a troféus e medalhas;
  • A Supertaça Pro Clubs, Taça da Liga Pro Clubs e Liga Portuguesa de Pro Clubs vão contar com prizepool a definir;
  • As competições continuam a ser asseguradas na plataforma esports.fpf.pt e toda a informação será divulgada de igual modo;
  • Não poderá existir nenhum evento físico de Pro Clubs;
  • O calendário segue a base da época 18/19 com algumas alterações derivadas do feedback dos clubes;
  • Na PS4, a aceitação dos clubes será limitada e com base nos regulamentos apresentados para cada competição;
  • Inscrições e regulamentos serão apresentados no dia 27 de Setembro;
  • A época 18/19 terá a sua continuidade de transição e os respectivos direitos dos clubes serão respeitados.

Para além de toda esta panóplia de medidas a adoptar, a FPF eSports anunciou também um plano de crescimento para os clubes inscritos na plataforma online. Este plano passará pelos meios de comunicação da FPF eSports em conjunto com o recém lançado Canal 11.

No comunicado a FPF eSports deixa ainda uma mensagem ao seu público:

A FPF eSports reitera que esta situação não é e nunca foi desejada, mas deve ser respeitada, tendo em conta as circunstâncias. O trabalho e dedicação da comunidade de Pro Clubs em Portugal tem sido fenomenal, incansável e exemplar. Contudo, é preciso compreensão nesta fase limitada e gestão de expectativas para o futuro.” – Equipa FPF eSports

Lê as últimas novidades dos esports aqui.

PUB