Saltar ligações

PUBG Corp processa Epic Games por violar direitos de autor

Por RTP Arena em

Um representante da PUBG Corp. revelou ao The Korea Times que a empresa subsidiária da Bluehole está a processar a Epic Games por violação de direitos de autor.

O funcionário da PUBG Corp. disse que este processo servirá para que haja uma decisão final acerca do Fortnite ser ou não uma cópia do PUBG. Este processo é apenas baseado em alegações e a dona do PUBG quer apenas proteger aquilo que é seu.

Este processo por preenchido exactamente na altura em que o Fortnite está a ser lançado na Coreia e, devido à superior popularidade do PUBG no mercado asiático, a PUBG Corp. poderá estar a usar esta via legal como meio de distracção para manter essa mesma superioridade.

Infographic: Battle Royale: PUBG vs. Fortnite | Statista

Não se sabe ao certo quais são as bases para que as alegações de violação dos direitos de autor visto que, ao primeiro olhar, tudo no Fortnite é original menos o conceito em si. Por outro lado, o conceito também não originou nos escritórios da PUBG Corp ou da Bluehole com outros títulos online já disponíveis há muito mais tempo, inspirados em ficção como a saga Hunger Games e a short story Seventh Victim.

A PUBG Corp pode alegar que o Fortnite é uma cópia do seu jogo visto que foram os próprios a dizer que o PUBG foi uma inspiração para o Fortnite tendo até referenciado o PUBG em videos promocionais.

Por outro lado, o PUBG corre no Unreal Engine, um motor de jogo desenvolvido pela Epic Games. Se este processo for para a frente, é possível que a Epic revogue a licença da PUBG Corp para a utilização do motor de jogo e, como tal, o PUBG teria que arranjar um outro motor e/ou criar o seu próprio.

Quem não fica, de certo, bem na figura com esta confusão é a Tencent. Esta empresas chinesa é dona de 40% da Epic Games e planeia investir mais $470M no PUBG para controlar 11.5% da empresa. Dois dos seus investimentos em guerra na praça pública poderia vir a ser severamente danoso para todas as partes envolvidas.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.