Saltar ligações

PUBG Corp. abandona processo contra Epic Games

Por RTP Arena em

A PUBG Corp. enviou uma carta à Epic Games a anunciar o abandono do processo que tinham levantado contra esta última alegando uma violação dos direitos de autor.

A PUBG Corp. é uma subsidiária da coreana Bluehole Studio e, de acordo com um relato da Bloomberg, enviou uma carta a notificar a Epic Games que havia deixado cair o processo que instaurara anteriomente contra estes. O processo assentava numa base de que o modo de battle royale do Fortnite era uma cópia do PUBG e, por isso, violava os seus direitos de autor mas o assunto poderia ser mais complicado do que isso e poderia até não acabar bem para a PUBG Corp. O motor de jogo que o battle royale realista usa é detido pela Epic Games e o seu uso no PUBG está pendente de uma licença que poderia ser revogada pela Epic Games.

Infographic: Battle Royale: PUBG vs. Fortnite | Statista

A Epic Games nunca abrandou os seus planos por causa deste processo. Continuou a investir milhares de dólares na promoção do seu jogo. Inclusivé, durante a Electronic Entertainment Expo (E3), decorou um estádio inteiro para realizar um torneio com jogadores profissionais e streamers de Fortenite em equipas com celebridades da cultura actual, desde desportos tradicionais a música e entretenimento.

Não se sabe ao certo o que fez com que a PUBG Corp. abandonasse o processo ou se ambas as empresas chegaram a um acordo. É possível, contudo, que a Tencent tenha tido um papel nesta decisão. A empresa tecnológica chinesa é dona de uma parte da Epic Games e está à procura de adquirir uma parte da Bluehole.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.