Saltar ligações

Na’Vi vencem BLAST Pro Series Copenhagen 2018

Por RTP Arena em

A equipa dos Na’Vi foi a grande vencedora da BLAST Pro Series Copenhagen 2018.

Depois de ter perdido na final do FACEIT Major 2018 e da EPICENTER 2018, a equipa dos Na’Vi volta a levantar uma taça. Têm conseguido constantemente chegar às fases mais avançadas dos torneios mas fica sempre ali a faltar o último balanço, desta vez conseguiram contrariar essa situação e foram mesmo os campeões. 

A última vez que os Natus Vincere tinham vencido um torneio foi no inicio de Julho, na ESL One Cologne 2018 bateram na final a equipa dos BIG para arrecadar $125,000.

Este torneio acabou por ter boas e más surpresas mas, o facto de terem jogado BO1 na fase de grupos acabou por ficar bem visível que todas as equipas se podem surpreender umas às outras e que é preciso estar no nosso melhor de inicio a fim.

BLAST Pro Series Copenhagen 2018

A equipa dos MIBR acabou mesmo por ser a pior equipa do torneio, 5 derrotas em 5 jogos inclusivamente contra uns Cloud9 a jogar com o treinador.

Cloud9 ainda em fase de reestruturação já deu um cheirinho do que pode vir a construir, único jogo que não conseguiu equilibrar foi contra os NiP em Mirage, Fabien “kioShiMa” Fiey ajudou e de que maneira nestas prestações da equipa.

Os FaZe não estiveram mal no torneio, roubam pontos a ambos os finalistas e inclusivamente conseguem a vitória sobre os Na’Vi mas depois a derrota vs Cloud9 acabou por fazer diferença. 

A equipa dos Astralis bateu todos menos os finalistas, não conseguem aproveitar o factor casa da melhor maneira e infelizmente não dão uma prenda aos seus fãs que ansiavam por uma vitória neste torneio, a ineficácia a atacar em Overpass custou-lhes essa possibilidade.

Os NiP acabam por fazer um bom torneio sem dúvida, arrancam com 1 empate e uma vitória sobre equipas teoricamente mais fortes mas depois na parte final as suas estrelas começaram a desaparecer e o motor não produziu a mesma força. Fredrik “REZ” Sterner e Patrik “f0rest” Lindberg que estiveram durante grande parte do torneio a ‘liderar’ os NiP não apareceram na final e a equipa ressentiu-se disso.

BLAST Pro Series Copenhagen 2018

Para se sagrarem vencedores, os Na’Vi que só foram batidos pelos FaZe demonstraram bom domínio durante o torneio com os seguintes resultados:

  • 16-13 vs Cloud9 (Mirage)
  • 8-16 vs FaZe (Overpass)
  • 16-9 vs Astralis (Overpass)
  • 16-14 vs MIBR (Overpass)
  • 16-10 vs NiP (Inferno)
  • 2-0 vs NiP (Mirage e Inferno)

É mais um torneio onde Aleksandr “s1mple” Kostyliev demonstra toda a sua qualidade mas onde Denis “electronic” Sharipov também esteve em bom plano assim como Danylo “Zeus” Teslenko, Ioann “Edward” Sukhariev esteve um pouco adormecido mas acordou no jogo mais importante que foi a grande final e Egor “flamie” Vasilyev leva também a taça para casa mas certamente bastante insatisfeito com a sua prestação individual que ficou muito aquém do esperado.

Lê as últimas novidades dos esports aqui.